O que é a umectação capilar?

O que é a umectação capilar?

umectação dos fios pode devolver o brilho, sedosidade e saúde para o seu cabelo. Para o tratamento é essencial a escolha do óleo vegetal com as propriedades ideais para trazer os efeitos desejados.

Veja 7 óleos perfeitos que irão te ajudar a definir um preferido!

O que é a umectação capilar?

O tratamento capilar através de óleos vegetais recebe o nome de umectação. Cabelos ressecados e danificados são os que mais se beneficiam, retomando a um aspecto nutrido, de dentro para fora.

O óleo vegetal é aplicado diretamente sobre os fios secos, respeitando um tempo de descanso e a devida remoção posterior do excesso de produto. A reposição de óleo nos fios tem o objetivo de reter líquidos, prevenindo e tratando o ressecamento e o frizz.

Esse processo, embora seja muito simples, ajuda a repor os nutrientes necessários para que um cabelo mais estruturado e bonito. É ideal para cabelos que recebem descoloração constante e apresentam muitas pontas duplas.

Em casos mais severos, a umectação é recomendada com certa frequência mensal – sugestão: a cada 10 ou 7 dias – e pode ser incluída na etapa de nutrição do cronograma capilar.

Para resultados mais consistentes, é importante realizar a umectação de forma recorrente. Se após o primeiro uso, o resultado não for motivador, não desista. A nutrição dos fios pode ser um processo a longo prazo, dependendo do nível de dano de seu cabelo.

Qual óleo vegetal utilizar na umectação?

Embora a umectação possa ser feita em todos os tipos de cabelo, é necessário se atentar ao aspecto após a aplicação do óleo vegetal. O resultado não pode ser de fios pesados. Cabelos cacheados e crespos podem receber a umectação sem riscos, uma vez que, devido ao seu formato, são naturalmente mais ressecados.

Para o efeito desejado – cabelos saudáveis e brilhantes – a etapa da escolha do óleo vegetal é muito importante. Invista em um óleo 100% vegetal e se atente às descrições abaixo:

Óleo de coco

O óleo de coco é uma das preferências absolutas quando o assunto é umectação. A acessibilidade e familiaridade com o produto são duas das características que contribuem para a sua popularidade.

No entanto, é preciso observar as suas características: por ter maior densidade, ele é indicado, principalmente, para tratar cabelos com fios mais pesados e grossos. Fora isso, tem diversas utilidades, podendo ser usado como finalizador e hidratante para a pele.

Uma das principais vantagens de seu uso é o aroma doce e suave. O óleo de coco possui ácidos graxos, ferro e vitaminas K e E.

Óleo de manga

Pouco conhecido em relação aos demais óleos vegetais, o óleo de manga é bem leve e rico em nutrientes como vitaminas A e do Complexo B, colaborando com nutrição para um crescimento capilar mais forte e saudável.

Não há restrições para o seu uso, mas é indicado um teste para evitar um efeito contrário ao desejado com a umectação.

Óleo de abacate

O abacate passou alguns anos como o ingrediente favorito da vez, podendo ser encontrado em diversos itens voltados ao tratamento capilar. O seu óleo 100% vegetal possui ômega 3 que auxilia na absorção mais rápida em relação aos demais óleos.

Fora isso, oferece aminoácidos e vitaminas essenciais (A, B, D e E) para dar mais força aos fios, evitando a quebra. Pode ser utilizado em todos os tipos de cabelos.

Azeite extravirgem

Fios mais finos podem se beneficiar do azeite extravirgem. Ainda que o ingrediente seja pouco utilizado como cosmético, tem alto nível de antioxidantes, que irão atuar no rejuvenescimento dos fios, trazendo um aspecto mais saudável desde a primeira utilização.

Óleo de rícino

O óleo de rícino é bastante utilizado por quem deseja um crescimento capilar forte e acelerado. Pode ser utilizado para massagear o couro cabeludo, desde que os cabelos sejam ressecados e quebradiços.

Seu diferencial está na sua composição com ácido ricinoleico que tem ação antisséptica, evitando fungos e bactérias que podem ser prejudiciais à vitalidade do cabelo. Ainda possui vitamina E, ácidos graxos e ômega 6 e 9.

Sua utilização é recomendada em todos os tipos de cabelo.

Óleo de girassol

Em sua versão 100% vegetal, o óleo de girassol pode ser utilizado até mesmo em cabelos mais oleosos. Isso por que é muito leve e rico em vitaminas E e C, perfeito para evolver os fios e proteger das agressões externas, como a poluição.

Óleo de argan

É rico em antioxidantes e vitaminas que atuam diretamente na melhoria da elasticidade e reparo de danos. Possui em sua composição o triplo de vitamina E em relação a outros óleos 100% vegetais, colaborando para uma nutrição mais intensa.

Em cabelos coloridos, ajuda a manter a cor viva por mais tempo, protegendo e nutrindo os fios de forma eficaz, sem deixar um aspecto pesado. Devido à sua alta capacidade de absorção, pode ser utilizado em cabelos oleosos.

Como fazer a umectação?

A umectação não tem segredos: após a escolha do óleo vegetal, separe o cabelo em mechas médias e aplique em toda a extensão dos fios, em um movimento da raiz até à ponta.

Uma dica interessante é verter o produto nas mãos, friccionando para aquecer o óleo vegetal. Isso irá estimular a absorção pelo cabelo. O tempo de descanso pode ser de até duas horas ou durante a noite, tomando o cuidado para proteger o travesseiro e cobertas.

Se a sua escolha for a umectação noturna, tome o cuidado para utilizar uma touca comum e não térmica, pois isso poderá sobrecarregar os fios com o produto.

Para remover o excesso de óleo vegetal nos fios é recomendada a lavagem dupla, seguida das demais etapas geralmente realizadas. O condicionador ou fluído condicionante deverá ser aplicado somente nas pontas. Finalize com produto com proteção térmica.

Seja para proteger a coloração ou devolver o brilho a cabelos opacos, a umectação é uma solução simples e acessível, que pode ser aplicada em diferentes tipos de cabelos.

Conheça a loja virtual Segredo da Cor e encontre os produtos ideais para as demais etapas de seu cronograma capilar e para potencializar a saúde em seus cabelos.

Você pode gostar

DEIXE UM COMENTÁRIO