Os perigos da anilina para a sua saúde e cabelo

Os perigos da anilina para a sua saúde e cabelo

Uma das primeiras opções que fazemos quando pensamos em mudar nosso visual é alterar a cor do cabelo. Os cabelos coloridos estão cada vez mais na moda e, em busca de cores vibrantes e intensas, tem-se feito experimentos com diversos produtos diferentes, a fim de obter o resultado desejado. Um dos produtos que tem sido utilizado é a anilina.

A anilina é um composto químico orgânico, geralmente em forma líquida. Sua versatilidade permite que ela seja utilizada para diversos fins. Embora seja constantemente associada aos usos artesanais, como por exemplo colorir superfícies de madeira, há também quem a utilize para colorir os cabelos.

As aparentes vantagens desse método são muitas, uma vez que permite a obtenção de cores vibrantes e diferentes de forma rápida e barata. Basta uma rápida busca na internet para verificar a quantidade de tutoriais ensinando como utilizar a anilina para tonalizar os cabelos.

Entretanto, será que esse produto realmente deveria ser utilizado para mudar a cor dos cabelos? Neste artigo apresentaremos os riscos associados ao uso de anilina nos cabelos e como obter resultados semelhantes sem colocar sua saúde em perigo.

Usos corretos da anilina

Antes de nos aprofundarmos nos danos que o uso de anilina podem ter para a saúde, é importante dizer como ela é geralmente utilizada. Seja como corante alimentício quanto para fins artesanais, esse importante produto pode ser encontrado em três formas diversas no mercado: em pó, líquido ou gel.

As três formas diferentes são utilizadas para dar cor às coisas. Na alimentação, seu uso está mais associado a receitas de confeitaria, como aqueles deliciosos bolos coloridos de dar água na boca.

Já no campo dos artesanatos, a anilina pode ser aplicada para tingir madeira e tecido. Além disso, ela também é utilizada na indústria como elemento de composição de diversos produtos.

De camisinhas a produtos agrícolas, de herbicidas a explosivos, de corantes a pinturas sintéticas, a anilina se faz presente, emprestando sua cor e suas propriedades para fabricação de elementos variados.

A anilina na coloração capilar

Descobriu-se que, quando aplicada no cabelo, a anilina pode conferir uma tonalidade mais vibrante. Por isso, o número de pessoas que passou a utilizar o produto para colorir os fios aumentou vertiginosamente.

Isso se dá por uma combinação de fatores: o preço acessível e o resultado eficiente. O preço da anilina é efetivamente menor do que aquele dos diversos tonalizantes existentes no mercado, mas, como já diz o ditado popular, o barato pode sair caro.

A anilina utilizada no cabelo geralmente não é a comestível que, aliás, deve ser evitada a todo custo, uma vez que ela poderá causar fungos no couro cabeludo.

Por isso, é comum que utilize-se o componente químico ligado ao tingimento de madeiras, solúvel em álcool.

O perigo de usar esse componente químico no cabelo

Pessoas que coloriram seus cabelos com anilina relataram efeitos colaterais como reações alérgicas, que podem ser desde coceiras até ardência na região e, em alguns casos, até mesmo cegueira temporária.

Esses relatos causaram uma polêmica acerca do uso de anilina no cabelo. Para além dos efeitos do produto em si, há também o problema da descoloração que deve ser feita antes da aplicação da anilina.

Descolorir os cabelos é um processo muito agressivo, que pode danificar a saúde das madeixas. Isso ocorre porque para que a cor permaneça no cabelo, o ph do fio é elevado de 5,5 para 10.

Esse processo de elevação do ph faz com que as cutículas do fio se abram e, desse modo, grande parte da hidratação ali retida se perca, tornando os cabelos fracos, opacos e quebradiços.

O uso da anilina nos cabelos também apresenta o risco de manchar as roupas. Isso porque, uma vez que o produto não foi desenvolvido para colorir o cabelo, sua fixação é menor. Por isso, o cabelo ficará constantemente desbotando e manchando as roupas que você utilizar.

A importância de usar o produto adequado

Embora pareça tentador pagar tão barato em um produto como a anilina para obter cabelos brilhantes e de cores vivas, lembre-se que o mais indicado para a saúde dos cabelos é utilizar produtos que tenham sido desenvolvidos para o mesmo.

O uso de anilina implicará também um retoque constante da cor, o que poderá intensificar o processo alérgico e enfraquecer o fio. Por isso, indica-se tonalizar os cabelos com produtos desenvolvidos para tal.

A saúde do cabelo é mais fácil de ser mantida do que recuperada. O que isso quer dizer? Utilizar os produtos indicados para o seu tipo de cabelo, manter a hidratação em dia e não fazer experimentos é uma eficiente forma de fazer com que o brilho e vitalidade das madeixas permaneça por mais tempo.

Em vez de utilizar a anilina e aventurar-se em uma experiência que poderá trazer resultados desastrosos para sua saúde capilar, procure por tonalizantes que trarão o mesmo resultado, além da fixação desejada. Afinal de contas, a intenção é tingir seu cabelo, não suas roupas, né?

Saiba mais sobre tonalizantes e seus diferentes tons lendo o nosso artigo.

Você pode gostar

DEIXE UM COMENTÁRIO